Será que eu estou pronta para um relacionamento aberto?


“Será que eu estou pronta para um relacionamento aberto?”
Se você já se fez essa pergunta é porquê, possivelmente, já teve que viver essa situação.
Antes de mais nada, cabe aqui uma definição rápida para o entendimento do que estamos realmente falando.
Há dois tipos de “relacionamentos abertos”: Um deles é quando vocês simplesmente estão ficando - ou seja, tendo um relacionamento que não é propriamente sério – e decidem em comum acordo que não deve haver problemas e nem cobranças quando alguém decidir ficar com outra pessoa. O outro é quando vocês realmente decidem ter um namoro que será um relacionamento aberto.
Muitas mulheres que decidiram ter um namoro que seria assim tiveram dificuldade por não considerar as coisas que tenho para dizer. E que coisas seriam essas?

Antes de começar vale lembrar que se você é do tipo que acha extremamente difícil ficar nessa situação por muito tempo vale a pena ver nossas dicas para conquistar um homem e também as dicas de relacionamento. Bem, vamos lá...

1. Determinar se isso será aberto ao público ou não
Esse é um dos pontos mais importantes que precisam ser discutidos quando um casal decide tomar essa decisão. As pessoas a sua volta saberão disso ou não? Se vocês decidirem que todas as pessoas devem saber, você precisa ter certeza de que terá condições de aguentar a pressão que você sofrerá, já que as pessoas irão certamente “cobrar” de você sobre como você consegue viver nessa situação.
E, caso vocês resolvam fazer tudo escondido, haverá um outro problema. Imagine que alguém próximo a você veja o seu namorado com outra mulher e vá lhe contar isso? Como vocês vão lidar com isso? E se essa pessoa resolver, no momento que viu a cena, questionar o seu namorado? Lembrando que toda essa situação também vale para você, caso seja você ficando com outro cara e alguém próximo a ele ver isso.
Portanto, ponderem essas coisas.

2. Regras
Outra coisa muito importante, e que até afeta indiretamente a questão apresentada acima, são as pequenas regras que precisam ser decididas.
Então vocês resolveram ter um relacionamento aberto e cada um pode ficar com quem quiser, onde quiser e quando quiser?
Cada uma dessas coisas terá consequências.
Ele poderá ficar com alguma amiga ou conhecida sua? Você poderá ficar com algum amigo ou conhecido dele? Vocês precisarão sempre aprovar a opção do outro para que não exista problema entre vocês?
Quem sabe vocês não preferem decidir, como regra, que só poderão ficar com pessoas que forem de outros municípios. Essa, inclusive, é uma opção que não é tão incomum assim em relacionamentos abertos, já que evita muitos problemas.
Conversem e decidam o que vocês acharem necessário. Claro que, uma vez ou outra pode ser que precise haver uma certa concessão da parte de alguém. No entanto, isso não pode, em hipótese alguma, ser algo exagerado.

3. Família
Eis um ponto muito delicado quando estamos decidindo por esse tipo de relação. Você pretende contar isso para a sua família?
Uma das grandes diferenças entre apenas ficar com uma pessoa (tendo um relacionamento aberto) e namorar uma pessoa nessas condições, é que o namoro envolve uma série de atividades e situações que dificilmente aconteceria se não fosse um namoro.
Em um namoro vocês dormem na casa um do outro, vocês frequentam almoços de domingo, festas de família e etc. Como fazer tudo isso tendo uma família que acha isso um absurdo?
Acredite, por mais que você tenha uma família que tenha uma cabeça muito aberta, esse é um ponto “difícil de engolir”, e o motivo para isso é bem simples.
Por mais que tanto você como ele possam ficar com outras pessoas, para os seus pais irá parecer que isso foi ideia do seu namorado cafajeste, que quer ficar com muitas mulheres por aí, sem ser taxado de galinha, e que você, que é a filhinha deles (um anjinho) não pretende ficar com mais ninguém.
Contar para os pais é algo que, sinceramente, é difícil de fazer e, em muitos casos, é melhor deixar os pais no escuro quanto a essa situação.

Visite o site Irresistivel.com.br e aprenda centenas de técnicas de relacionamento como essas e muito mais em detalhes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário